Castro Lima

Crônicas, contos e causos

Textos

O destino
O destino cruel que teima em me judiar
Mal sabe que até em tristeza meu coração só sabe amar
O destino amargo como fel insiste em me oprimir
Mal sabe ele em tudo encontro um motivo pra sorrir
O destino manda em quem se deixa mandar
Oh! destino deixe-me em paz
Saibam todos
Destino .... Destino é a gente que faz!
Castro Lima
Enviado por Castro Lima em 11/05/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras